Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Translate to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese
Ultimas Atualizações
PROCURANDO UM AMIGO?  (07-08-2018)
SUPERANDO LIMITES  (07-08-2018)
VIVER  (07-08-2018)
RAIO DE LUZ  (07-08-2018)
EU, O NATAL E A BÍBLIA  (07-08-2018)
ADORAÇÃO E LOUVOR  (07-08-2018)
SERVO DO SENHOR  (07-08-2018)
MINHA META
Qual sua meta para 2.018?
Arrumar um emprego
Voltar a estudar
Passar no vestibular
Comprar uma casa
Ser pvomovido na empresa
Realizar um sonho
Nâo tenho meta ainda
Ver Resultados

Rating: 2.8/5 (1936 votos)

ONLINE
2
Partilhe esta Página



 

 

 

 s

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Mensagem do dia - MARÇO/2015
Mensagem do dia - MARÇO/2015

 

FUI DERROTADO. E AGORA?

ABERTURA - 01/março/2015

Por isso Jezabel mandou um mensageiro a Elias para dizer-lhe: "Que os deuses me castiguem com todo o rigor, caso amanhã nesta hora eu não faça com a sua vida o que você fez com a deles". Elias teve medo e fugiu para salvar a vida. Em Berseba de Judá ele deixou o seu servo e entrou no deserto, caminhando um dia. Chegou a um pé de giesta, sentou-se debaixo dele e orou, pedindo a morte. "Já tive o bastante, Senhor. Tira a minha vida; não sou melhor do que os meus antepassados.” Depois se deitou debaixo da árvore e dormiu. (1 Reis 19:2-5)

Estamos iniciando hoje a nossa semana de oração, e quero começar orando por você; especialmente por você que neste momento se sente um derrotado, um fracassado na vida, tanto na vida material quanto na vida espiritual.
Pare um momento e reflita em quantas derrotas você já sofreu na vida; quantas vezes você tomou a decisão de desistir de tudo, de abandonar seu estudo, seu trabalho, sua comunidade, sua família, enfim, pense nas vezes que teve aquela vontade de “fugir” de tudo, fugir da realidade assim como fez o profeta Elias, que após destruir os falsos profetas teve medo e foi se esconder. Em algum momento da sua vida você orou pedindo a morte como fez Elias?
Não importa quão longe você tenha andado dos caminhos do Senhor, nesta semana Ele vai te dar uma vida nova, vai te resgatar do pecado.

VAMOS ORAR JUNTOS:
Senhor, hoje estamos diante de ti para te agradecer por tudo, pela vida, pela oportunidade de podermos nos achegar diante de ti mesmo sabendo que somos pecadores, mesmo sabendo que em algum momento de nossa vida fizemos como o profeta Elias que orou pedindo a morte, mas aqui estamos Senhor para te pedir a vida. Queremos colocar em tuas mãos aquele jovem, aquela pessoa que já não tem mais esperança, que lançou para longe seus sonhos, que se sente um derrotado, um fracassado e não vê mais saída para sua vida.
Mostra Senhor para esta pessoa, seja um jovem, uma criança, um adulto, enfim, seja quem for, está em tuas mãos Senhor. Restaura esta vida para honra e glória do seu santo nome Senhor.
Dai-nos força nesta semana em que vamos refletir sua palavra, abra nossa mente, nosso entendimento e nos esclareça tudo o que tens para nos falar Senhor. Toma-nos em tuas mãos e nos abençoe. Te pedimos isso não porque merecemos, mas é no santo nome de Jesus, que vive e reina para todo sempre. AMEM.

PARA REFLETIR:
Leia os capítulos 18 e 19 do livro de 1º Reis e reflita:
1) Quem são as “Jezabel” nos dias atuais? O que elas fazem para amedrontar os servos do Senhor?

2) Quem são os “profetas de Baal”? O que eles estão ensinando ao povo?

3) O que levou Elias a ter medo de uma mulher depois de ter derrotado 450 homens que eram falsos profetas? O que te leva a ter medo de tentar outra vez depois de uma derrota?

4) Elias orou a Deus pedindo a morte e depois foi deitar e dormir. Essa atitude é semelhante a sua diante de uma derrota? Por quê?

5) Deus disse a Elias: fiz sobrar sete mil em Israel, todos aqueles cujos joelhos não se inclinaram diante de Baal e todos aqueles cujas bocas não o beijaram". (1 Reis 19:18); isso te reanima para tentar mais uma vez a lutar por um mundo mais justo e humano? Por que?

Não percam amanhã o tema UMA CRUZ E TRÊS HISTORIAS.

 

02/março/2015

 

UMA CRUZ E TRÊS HISTÓRIAS

 

         Não se deixem enganar: de Deus não se zomba. Pois o que o homem semear, isso também colherá.  (Gálatas 6:7)

         Ah se eu pudesse voltar ao passado!  Ah se eu tivesse feito tudo diferente...!  Ah...  E por ai vão os lamentos e mais lamentos de pessoas que foram mal sucedidas na vida ou que deram um passo errado e hoje sentem que podiam ter feito tudo diferente, mas infelizmente é tarde demais.  Certamente você também já passou por essa experiência, não é mesmo?

Pior é quando a pessoa chega ao fundo do poço e vê que fez tudo errado, como por exemplo, um estudante passou o ano todo levando seus estudos no banho-maria, teve preguiça de se esforçar um pouco mais e quando chega no final do ano percebe que perdeu um ano todo; vê que seu esforço foi tudo por agua abaixo.  Alguns ainda têm a humildade de reconhecer o erro e tentar novamente, enquanto outros desanimam e acabam abandonando o barco no meio da viagem, dai quando chega um momento na vida percebem que poderiam ter feito tudo diferente, mas o que lhes resta agora é lamentar suas desventuras.

         Nesta semana estudaremos a historia de dois personagens bíblicos que tinham quase tudo em comum, viveram na mesma região, tiveram as mesmas oportunidades, caíram no mesmo erro, mas tiveram atitudes diferentes.  Certamente você conhece a historia dos dois apóstolos de Jesus, Pedro e Judas Iscariotes.  Os dois traíram seu mestre, mas um deu a volta por cima, enquanto o outro se suicidou.  Por quê?  Será que Jesus não perdoaria Judas também se ele se arrependesse?  O que levou ele ao suicídio?  No decorrer da semana iremos conhecer um pouco mais sobre o caráter desse homem.

         E hoje, será ue não anda acontecendo o mesmo na sociedade atual?  Pare um pouco e pense no imenso numero de pessoas que vivem se “suicidando” quando algo dá errado em sua vida.  Você se suicida quando abandona sua fé e passa a viver de forma contrária a vontade de Deus; se suicida quando desanima da vida e passa a viver no alcoolismo, nas drogas, na prostituição; se suicida quando perde a razão de viver e passa a não fazer mais nada, passa a viver na ociosidade; enfim, são varias formas de se suicidar.  Há muitas pessoas que vivem andando por ai, mas estão espiritualmente MORTAS. 

         A mão do Senhor estava sobre mim, e por seu Espírito ele me levou a um vale cheio de ossos.  Ele me levou de um lado para outro, e pude ver que era enorme o número de ossos no vale, e que os ossos estavam muito secos (...)  Então ele me disse: Filho do homem, esses ossos são toda a nação de Israel.. Eles dizem: ‘Nossos ossos se secaram e nossa esperança se foi; fomos exterminados’.  Por isso profetize e diga-lhes: ‘Assim diz o Soberano Senhor: Ó meu povo, vou abrir os seus túmulos e fazê-los sair; trarei vocês de volta à terra de Israel.  E, quando eu abrir os seus túmulos e os fizer sair, vocês, meu povo, saberão que eu sou o Senhor.  Porei o meu Espírito em vocês, e vocês viverão, e eu os estabelecerei em sua própria terra. “Então vocês saberão que eu, o Senhor, falei, e o fiz seus companheiros, palavra do Senhor’”.  (Ezequiel 37:1-14)

         Meu amigo, meu irmão em Cristo, hoje Deus quer transformar sua vida, quer te dar uma vida nova.  Não importa quantas vezes você fracassou, quantas vezes desistiu, TENTE OUTRA VEZ.  Vamos orar juntos:

         Senhor, te agradeço neste dia pela oportunidade que me dá de voltar a ti, agradeço pela vida nova que quer me dar, enfim, te agradeço por tudo Senhor.  Muitas vezes eu fracassei, desanimei, mas aqui estou para te pedir que perdoe o meu pecado e me dê uma vida nova.

Vem ao meu encontro Senhor, estou pronto para aceitar a ti como eu único salvador.  Não olhe para os meus pecados, mas para a minha fé.  Tudo isso te peço e agradeço não porque mereço, mas é no santo nome de JESUS.  AMEM.

PARA REFLETIR:

 

01 – Em algum momento você se sentiu um fracassado, um derrotado e teve vontade de desistir de tudo?  Como foi?

02 – Já chegou a culpar Deus pelas suas desventuras?

03 – Pense em um sonho que você nunca conseguiu realizar e analise os motivos que o levaram a desistir.  Quem foram os culpados pelo fracasso?

04 – Deus mostrou para o profeta Ezequiel um vale de ossos secos (Ezequiel 37, 1-14).  O que Deus queria dizer com essa visão?  Quem eram os “ossos secos”?

05 – Estás disposto a dar a volta por cima e recomeçar?  O que te impede de fazer isso?

         Não perca amanhã o próximo assunto que será: O PREÇO DA TRAIÇÃO.

 

 03/março/2015

  

O PREÇO DA TRAIÇÃO.

  

         Quando Judas, que o havia traído, viu que Jesus fora condenado, foi tomado de remorso e devolveu aos chefes dos sacerdotes e aos líderes religiosos as trinta moedas de prata.  E disse: "Pequei, pois traí sangue inocente". E eles retrucaram: "Que nos importa? A responsabilidade é sua".  Então Judas jogou o dinheiro dentro do templo, saindo, foi e enforcou-se.  (Mateus 27:3-5)

 

            Judas Iscariotes, um dos 12 apóstolos de Jesus Cristo, nascido em Kerioth, localidade da Judéia, foi o que o traiu e cuja traição deu origem a expressão beijo de Judas que passou a significar a traição. Único que não era Galileu, e era filho de Simão de Queriote (Jo 6, 71; 13, 26), sendo seu nome uma helenização do nome hebraico Judá. 

São várias as explicações etimológicas que, ao longo dos tempos, foram surgindo para o nome "Iscariotes". Uma delas tem uma conotação política, ligando-o ao grupo dossicários, uma ramificação do grupo dos zelotes que perpetrava violentos ataques – geralmente com punhais, e daí o seu nome latino de sicarii – contra as forças romanas na Palestina. Por isso, se argumenta que Judas Iscariotes, alegadamente, teria sido um membro deste grupo e que o seu nome seria a transliteração de homem do punhal, em hebraico ish sicari. Outros derivam o seu nome do aramaico saqar, palavra que significava alguém "mentiroso", que é "falso". 

Outra possibilidade é que Iscariotes fosse usado como apelido, em hebraico ish Qeryoth, que significa homem de Queriote. (João 6:71; 13 26:). Também, podia ser designado "filho" ou "descendente" ou "natural" de Queriote. "Queriote" – de acordo com a interpretação inicialmente veiculada por São Jerónimo – seria o nome simplificado da aldeia, ou mais provavelmente um conjunto de aldeias, de Queriote-Ezron (Josué 15:21) – nome que significa "cidades de Ezron" – localizada na província romana da Judeia (no território da Tribo de Judá) e que é comummente identificada com a moderna Qirbet el-Qaryatein, situada a cerca de 20 km a sul de Hebron. 

Segundo as tradições, ele foi um dos primeiros a juntar-se a Cristo e provavelmente por isso e por ser um dos poucos instruídos, tomou-se o tesoureiro dos Apóstolos, ou seja, foi designado para cuidar do dinheiro comum. Por causa de seu amor ao dinheiro, também foi enganado pelos sacerdotes que o induziram a mostrar onde estava Jesus a troco de 30 moedas de prata, que naquele tempo correspondia ao preço de um escravo, prometendo que só o prenderiam durante as festividades da Páscoa Judaica.  

Outra versão indica que, como Judas pertencia à seita dos Zelotes, ele vivia um intenso conflito interior, pois acreditava que Jesus seria o líder revolucionário que derrotaria os romanos com o uso da força, se fosse necessário. Vendo-se diante de uma nova visão de mundo, pacífica, humilde, de um comportamento totalmente oposto ao esperado por ele, teria entregado seu Mestre ao Sinédrio, com a esperança de vê-lo agir como o dirigente radical desejado, o Rei da esfera material, não o do Reino espiritual. Dotado do poder de realizar milagres, Ele com certeza se libertaria e venceria os adversários, esta teria sido a sua esperança secreta. 

Depois da Última Ceia, pouco antes das comemorações da Páscoa hebraica, Judas parte para alertar os sacerdotes, enquanto Jesus se dirige ao Getsêmani para orar. Segundo as Escrituras, Jesus sabia tudo que ia ocorrer, e neste momento pedia forças e coragem ao Pai. 

O apóstolo conduz os algozes ao encontro do Mestre, pois sabia com precisão onde ele estaria. Tradicionalmente o Messias é delatado por seu seguidor através de um beijo, o famoso Beijo de Judas. Jesus é então preso e condenado, morto na Cruz. 

Sejam quais forem às motivações de Judas, neste instante, segundo os relatos bíblicos, o apóstolo se arrepende terrivelmente e devolve o dinheiro aos sacerdotes. Judas, profundamente arrependido de seu gesto impensado, teria optado pelo suicídio por enforcamento. 

PARA REFLETIR: 

 

            Vamos analisar duas características de Judas Iscariotes:  

1 – ERA APEGADO AO DINHEIRO 

            Talvez esse seja o principal motivo que o levou a trair seu mestre, o apego demasiado ao dinheiro.  Esse não foi apenas o mal de Judas, mas é também o mal da sociedade moderna; as pessoas fazem do dinheiro um “deus”, vivem em função dele, fazem tudo por dinheiro, até tiram vidas por dinheiro.

 

A ganancia levou esse apostolo a se tornar um traidor, e por fim o levou ao suicídio.  Quantas pessoas hoje em dia “se suicidando” por causa do dinheiro! 

2 – ERA FALSO, MENTIROSO 

Nem precisamos comntar esse fato, pois uma pessoa mentirosa é capaz de tudo, até mesmo de enganar a si mesmo. 

 A seguir temos sete passos para o fracasso.  Reflita em cada uma delas: 

01 - Contente-se com o “Mais ou Menos”. 

02 - Ignore seus Valores. 

03 - Arranje Desculpa para Tudo.  

04 - Comemore as derrotas alheias.  

05 - Esqueça as suas Paixões.  

06 - Reclame, Reclame e Reclame.  

07 - Desista na Primeira Derrota. 

            Depois de tudo isso, basta sentar, chorar e lamentar suas desventuras, pois terás o fracasso que merece.  Culpe quem você quiser, mas lembre-se de que cada um colhe o que planta. 

            Não percam o assunto de amanhã, que será UM OLHAR, UMA VIDA.

 

04/março/2015

 

UM OLHAR, UMA VIDA.

 

 

 

O Senhor voltou-se e olhou diretamente para Pedro. Então Pedro se lembrou da palavra que o Senhor lhe tinha dito: "Antes que o galo cante hoje, você me negará três vezes". Saindo dali, chorou amargamente. (Lucas 22:61-62)
Antes de se tornar um dos doze discípulos de Cristo, Simão era pescador. Teria nascido em Betsaida e morava em Cafarnaum. Era filho de um homem chamado João ou Jonas e tinha por irmão o também apóstolo André. Simão e André eram "empresários" da pesca e tinham sua própria frota de barcos, em sociedade com Tiago, João e o pai destes, Zebedeu.
Possivelmente Pedro era casado e tinha pelo menos um filho. Sua esposa era de uma família rica e moravam numa casa própria, cuja descrição é muito semelhante a uma vila romana. na cidade "romana" de Cafarnaum. Segundo o relato em Lucas 5:1-11, no episódio conhecido como "Pesca milagrosa", Pedro teria conhecido Jesus quando este lhe pediu que utilizasse uma das suas barcas, de forma a poder pregar a uma multidão que o queria ouvir. Pedro, que estava a lavar redes com Tiago e João, seus sócios e filhos de Zebedeu, concedeu-lhe o lugar na barca, que foi afastada um pouco da margem.
No final da pregação, Jesus disse a Simão que fosse pescar de novo com as redes em águas mais profundas. Pedro disse-lhe que tentara em vão pescar durante toda a noite e nada conseguira, mas, em atenção ao seu pedido, fá-lo-ia. O resultado foi uma pescaria de tal monta que as redes iam rebentando, sendo necessária a ajuda da barca dos seus dois sócios, que também quase se afundava puxando os peixes. Numa atitude de humildade e espanto Pedro prostrou-se perante Jesus e disse para que se afastasse dele, já que era um pecador. Jesus encorajou-o, então, a segui-lo, dizendo que o tornaria "pescador de homens". Alguns pesquisadores acreditam que, assim como Judas Iscariotes, Pedro tenha sido um zelota, grupo que teria surgido dos fariseus e constituía-se de pequenos camponeses e membros das camadas mais pobres da sociedade. Este supostamente estaria comprovado em Marcos 3:18, assim como em Atos 1:13, no entanto, o certo "Simão, o Zelote" é na realidade uma pessoa distinta dentre as nomeações descritas nas referidas citações.
Pedro foi um dos doze apóstolos que se aproximou mais de Jesus. Suas negações foram respostas às acusações de que ele estaria "com Jesus". O Evangelho de Mateus afirma que Pedro negou Jesus "na frente de todos", tendo assim feito do público testemunhas. Por todo o seu evangelho, Mateus reforça a importância deste testemunho como um elemento essencial da relação entre o mestre o discípulo, como em «Portanto todo aquele que me confessar diante dos homens, também eu o confessarei diante de meu Pai que está nos céus; mas aquele que me negar diante dos homens, também eu o negarei diante de meu Pai que
está nos céus.» (Mateus 10, 32-33) A negação de Pedro estaria então em conflito direto com a sua condição de discípulo na visão deste evangelista5 .

 

PARA REFLETIR:

 

01 – O que levou Pedro a negar seu mestre? (Mateus 22, 52-54)

 

02 – Compare a atitude de Pedro com algumas atitudes de pessoas hoje em dia. Há alguma semelhança? Qual?

 

03 – O que levou Pedro ao arrependimento? (Mateus 22, 61)

 

Que neste dia você possa orar pedindo a Deus uma nova chance, uma nova vida. Estaremos orando por você também. Deus te abençoe.

 

Não perca amanha o tema FARINHA DO MESMO SACO? 1ª parte.

 

 

MARCHE

 

Sorrir. Por que?
Chorar. Pra que?
Desistir. Quando?
Seguir em frente. Como?
O que fazer? Não sei.
É isso o que acontece com você todas as manhãs? Pois lembre-se de que a tua indecisão pode ser a principal causa do teu fracasso, portanto, comece o dia sorrindo, nada de chorar, pois se não deu certo hoje, amanhã será um novo dia e tudo pode ser diferente. Desistir é uma decisão muito precipitada, que muitos tomam no momento de desespero e sem pensar, portanto NUNCA DESISTA, mesmo que o caminho pareça impossivel de prosseguir. Lembre que quando Moisés foi ordenado que marchasse, não havia possibilidade de continuar a caminhada, pois à sua frente havia o mar Vermelho, nas laterais haviam montanhas impossivels de se escalar, atrás vinha o exercito do faraó, portanto, a única saida era seguir em frente e enfrantar o mar. COMO? Certamente essa deve ser a sua pergunta diante dos "mares" da vida, mas o Senhor ordena que MARCHE. Pegue a sua "vara" chamada FÉ e toque no mar que ele se abrirá para que você atravesse a pé enxuto.
Tenha um bom dia na paz do senhor. Lute, persista, se não alcançar, NUNCA DESISTA pois amanhã será um novo dia.

 

 05/março/2015

 

FARINHA DO MESMO SACO?  (1ª Parte)

 

 

 

         Jesus subiu a um monte e chamou a si aqueles que ele quis, os quais vieram para junto dele.  Escolheu doze, designando-os como apóstolos, para que estivessem com ele, os enviasse a pregar e tivessem autoridade para expulsar demônios.  Estes são os doze que ele escolheu: Simão, a quem deu o nome de Pedro; Tiago, filho de Zebedeu, e João, seu irmão, aos quais deu o nome de Boanerges, que significa filhos do trovão; André; Filipe; Bartolomeu; Mateus; Tomé; Tiago, filho de Alfeu; Tadeu; Simão, o zelote, e Judas Iscariotes, que o traiu.

 

 (Marcos 3:13-19)

 

 

 

         Nas reflexões anteriores você acompanhou a historia do apostolo Pedro e de Judas Iscariotes, o apostolo que traiu seu mestre.  Hoje vamos analisar a semelhança entre esses dois homens.

 

1 - Alguns pesquisadores acreditam que, assim como Judas Iscariotes, Pedro tenha sido um zelota, grupo que teria surgido dos fariseus e constituía-se de pequenos camponeses e membros das camadas mais pobres da sociedade.

 

2 – Os dois recebem o mesmo chamado para seguir a Jesus, conforme a passagem bíblica acima.

 

3 – Os dois caem no mesmo erro, que foi trair seu mestre.

 

         Isso não acontece por acaso, pois todos foram criados à imagem e semelhança do seu criador, todos foram chamados a ser santos e a servir a Deus.  "Antes de formá-lo no ventre eu o escolhi; antes de você nascer, eu o separei e o designei profeta às nações".  (Jeremias 1:5)

 

Meu amigo, meu irmão, você é um escolhido para ser profeta neste mundo que está dominado pelo engano, pela corrupção, enfim, dominado pelo mal.  De que forma você está respondendo esse chamado?

 

Ore comigo neste dia:

 

         Senhor meu Deus, te agradeço por mais este dia e pela sua infinita misericórdia que se renova a cada manhã.  Quero neste dia te pedir que me fortaleça para que eu possa responder de forma positiva ao teu chamado e fazer o melhor por este mundo que está coberto pelas trevas do erro, do engano, enfim, por todo tipo de trevas.  Que eu seja uma luz a brilhar nessas trevas.  Tudo isso te peço e agradeço em nome de JESUS.  AMEM.

 

Tenha um bom dia na paz do senhor.

 

 

 06/março/2015

 

FARINHA DO MESMO SACO?  (2ª parte)

 

 

 

            E disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança; e domine sobre os peixes do mar, e sobre as aves dos céus, e sobre o gado, e sobre toda a terra, e sobre todo o réptil que se move sobre a terra.  E criou Deus o homem à sua imagem; à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criaram.  (Gênesis 1:26-27)

 

 

 

            Certamente você já deve ter questionado: por que, se Deus criou o homem à sua imagem e semelhança, existe tanta diferença entre os seres humanos?

 

Como você vem acompanhando nessa semana de oração, viu que dois seguidores de Jesus, que viveram junto dele o tempo todo, receberam os mesmos ensinamentos, e no fim cada um teve uma atitude diferente.  Os dois caíram no mesmo pecado, que foi trair seu mestre, mas enquanto Pedro se arrependeu e deu a volta por cima, Judas Iscariotes resolveu tirar a própria vida.  Por quê? 

 

            Ontem vimos às semelhanças entre eles, hoje vamos analisar as diferenças.  Pedro era um pescador, enquanto Judas era um homem mais instruído, mais culto e pior de tudo, era um homem ganancioso, muito apegado ao dinheiro; e foi justamente isso que o levou ao fracasso.

 

É muito difícil afirmar com exatidão o que leva uma pessoa a tomar certa decisão, mas de uma coisa você pode ter certeza: cada um refugia no que lhe é mais familiar na hora do perigo.  Por exemplo, uma criança quando se vê em perigo, onde ela busca refugio?  Certamente se seus pais estiverem por perto é neles que ela vai se refugiar, pois ali está o seu “porto seguro”.  Com os adultos acontece a mesma coisa, a diferença são os “refúgios”, que para uns pode ser uma igreja, um amigo de confiança, enquanto para outros pode ser as drogas, o alcoolismo, e acontece de alguns se refugiarem no suicídio, que foi o caso de Judas Iscariotes.  Veja o exemplo a seguir:

 

            João era um jovem que se sentiu ameaçado pelo desemprego, pelos problemas familiares e muito outro problema.  Se sentindo desamparado, refugiou-se nas drogas.

 

André teve os mesmos problemas, mas buscou ajuda numa igreja.

 

Onde está a diferença?  Os dois tiveram os mesmos problemas, mas um deu a volta por cima, enquanto o outro foi cada vez mais para o fundo do poço.  Por quê?

 

Isso envolve uma serie de probabilidades que, para você chegar a alguma conclusão seria necessário conhecer a vida de cada um deles, quanto mais conhecimento melhor, dai então você poderia tirar alguma conclusão.  Certamente você já passou por situação assim, chamar seu pai, sua mãe, irmão, filho, esposo, esposa, ou seja quem for para ir com você na igreja e a resposta ser negativa, não é mesmo?   Dai vem a famosa pergunta POR QUE.  São tantos porquês sem respostas!

 

Suponhamos que alguém lhe ofereça um par de sapatos.  Você certamente não o compraria se não estivesse precisando dele, mas se essa pessoa começar a lhe falar tanto desse sapato, até dizer que são mágicos, a coisa muda.  A maioria dos seres humanos é assim, só dão valor ao que lhes interessam.  Judas Iscariotes certamente foi aquele tipo de pessoa que aprendeu a confiar no dinheiro, na riqueza, nos bens materiais, enquanto Pedro certamente foi o tipo de pessoa que aprendeu a confiar em Deus.  Uns confiam em carros e outros em cavalos, mas nós faremos menção do nome do Senhor nosso Deus. (Salmos 20:7).

 

            E você, em quem confia nos momentos difíceis da vida?  Em “carro”, em “cavalos” ou em Deus?

 

Não se esqueça de que na hora do perigo o homem se refugia naquilo que lhe é mais familiar.  Por isso comece a confiar no Senhor dos Exércitos, se ainda não tem esse costume. 

 

Ore comigo:

 

            Senhor, hoje eu te agradeço por mais um dia de vida e por mais essa oportunidade que me destes de te conhecer melhor.  Ajuda-me senhor a confiar mais em ti nos momentos difíceis da vida.  Entrego minha vida em tuas mãos neste dia.

 

Tudo isso te peço e te agradeço em nome de JESUS.  AMEM.

 

 

 

Não percam amanhã o encerramento da nossa semana de oração com o tema EU E A MINHA CASA SERVIREMOS AO SENHOR.  Deus abençoe a todos.

 

 

07/março/2015

EU E A MINHA CASA

SERVIREMOS AO SENHOR

 

Agora, pois, temei ao Senhor, e servi-o com sinceridade e com verdade; e deitai fora os deuses aos quais serviram vossos pais além do rio e no Egito, e servi ao Senhor.  Porém, se vos parece mal aos vossos olhos servir ao Senhor, escolhei hoje a quem sirvais; se aos deuses a quem serviram vossos pais, que estavam além do rio, ou aos deuses dos amorreus, em cuja terra habitais; porém eu e a minha casa serviremos ao Senhor.  (Josué 24:14-15)

Hoje estamos encerrando nossa semana de oração e queremos agradecer a você que participou conosco desse importante estudo da palavra de Deus.  Nada melhor que encerrarmos meditando nas palavras desse grande soldado de Deus Josué, que junto com seu companheiro de jornada Caleb não temeram a multidão e denunciaram o grande pecado de Israel que era o pessimismo.

Nomeados para espiar as terras que Deus prometeu a seu povo, junto com mais dez missionários, voltaram trazendo boas noticias, enquanto os demais trouxeram apenas desânimo e revolta para o povo.  Eles não temeram denunciar toda aquela multidão, mesmo correndo o risco de serem apedrejados, e com isso herdaram a terra prometida que o Senhor tinha reservado aos seus fieis.

Josué foi quem guiou o povo para a terra prometida, sendo o sucessor de Moisés, e lá ergueu o altar do Senhor e mostrou à todo aquele povo as maravilhas que Deus tinha feito por eles, mas aquele povo continuou rebelde aos mandamentos de Deus, mesmo depois de tanto esforço desses grandes soldados Josué e Caleb, o que levou Josué a tomar uma decisão mais enérgica.  Vendo que nada resolvia, nada mudava o coração daquela gente, ele reuniu todos e lhes mostraram os dois caminhos: o caminho da vida e o caminho da morte e mandou que cada um escolhesse o caminho que queria seguir.  Oxalá cada um de vocês escolham seguir o caminho da vida, e assim como Josué e Caleb recebam das mãos do criador a Canaã Celeste como recompensa.

Deus te abençoe e muito obrigado por acreditar nesse nosso trabalho.  Eu, amigo Caleb vos agradeço em nome de toda Comunidade Amigos para Sempre.

 

 29/02/2015

 

AH SE EU PUDESSE!

 

 

 

E um dos malfeitores que estavam pendurados blasfemava dele, dizendo: Se tu és o Cristo, salva-te a ti mesmo, e a nós.  (Lucas 23:39)

 

Muitas vezes, diante de uma desventura, temos a mesma atitude desse ladrão que colocava Jesus em xeque.  SE TU ÉS...  Se eu fosse...  Se eu pudesse...  Se...  Todas essas expressões indicam dúvidas, falta de fé e fazem com que a pessoa deixe de lutar por um ideal ou um objetivo na sua vida.

 

Certa vez, uma velha senhora que tinha que atravessar uma grande montanha que ficava em frente a sua casa para buscar água do outro lado, pensou: Se essa montanha saísse daqui minha vida seria bem mais fácil, mas...  Daí ela entrou no seu quarto e orou pedindo a Deus que removesse aquela montanha da frente da sua casa, e no outro dia olhou e viu que a montanha continuava do mesmo jeito.  Começou a blasfemar dizendo que Deus não ouvia suas orações.

 

                Será que nossa atitude está sendo essa também?  Será que estamos duvidando de que Deus pode remover as montanhas da nossa frente?  E, tudo o que pedirdes em oração, crendo, o recebereis.  (Mateus 21:22).  Essa promessa de Jesus não falha, mas ela é bem clara: Se pedirdes com FÉ.  Que neste dia suas atitudes não sejam como a do ladrão que colocava Jesus em xeque.  Peça com fé e tenha paciência, pois receberá tudo o que pedirdes.

 

                Que Deus te abençoe e te dê um dia de muita paz, saúde e bênçãos.  Um feliz e abençoado domingo pra você.

 

 31/03/2015

 

TENHA FÉ E VÁ.

 

Plante seu jardim e decore sua alma, ao invés de esperar que alguém lhe traga flores. E você aprenderá que realmente pode suportar, e que realmente é forte, e pode ir muito mais longe depois de pensar que não se podia mais. E que realmente a vida tem valor e que você tem valor diante da vida!  Pense positivo, acredite, tenha fé, pois somente assim você alcançará a graça desejada.

 

Tenha um bom dia na paz do senhor.